6 dicas para decorar estúdios, ambientes conjugados e apartamentos pequenos

  • Home
  • Decoração
  • 6 dicas para decorar estúdios, ambientes conjugados e apartamentos pequenos

Cá entre nós: um dos grandes desafios na decoração para apartamentos pequenos é saber como valorizar o espaço que eles têm, não é mesmo? Afinal de contas, qualquer ideia mal executada ou duvidosa pode deixar a sua residência mais parecida com uma caixa — de tão apertada e sufocante — do que, de fato, um lar, doce lar. :/

E essa missão pode se tornar ainda mais complicada quando se trata de um estúdio ou de um imóvel com ambientes conjugados. Mas calma que nem tudo está perdido! Se você está buscando soluções para aplicar na sua casa, saiba que veio ao blog certo! 😀

Neste post, a gente reuniu seis dicas que vão fazer toda a diferença no seu apê! Quer saber quais são elas? Então acompanhe e se inspire!

1. Meça o tamanho de cada item do mobiliário

A primeira delas é não se deixar levar pelo impulso e comprar um móvel só porque achou bonito e com um design diferenciado. A gente sabe que, às vezes, uma peça em uma loja chama a nossa atenção e logo imaginamos como ela vai ficar incrível na nossa casa, não é verdade?

No entanto, é preciso ser esperto para não meter os pés pelas mãos, pois ela pode ter medidas que não são proporcionais com o espaço que você tem disponível. Aí, já viu: o cômodo vai parecer ainda menor e mais abafado do que já é!

Portanto, lembre-se sempre: cada centímetro conta na decoração para apartamentos pequenos. Por isso, antes de adquirir um item novo, pesquise na internet ou meça você mesmo o comprimento, a largura e a profundidade do móvel desejado (com uma trena ou fita métrica). Se as medidas forem compatíveis com metragem livre do ambiente, ótimo. Se não, vale a pena pesquisar por outros modelos, certo?

2. Evite móveis em áreas estratégicas do seu lar

Além da sugestão anterior, temos outra muito importante: evite colocar móveis em áreas estratégicas da sua casa, como é o caso das paredes com entradas de ar (portas e janelas) e dos corredores.

O motivo para isso é bem simples: sem querer, você vai criar bloqueios que vão dificultar (e muito) a ventilação e a iluminação natural dos cômodos. Logo, eles vão ficar escuros e abafados — o que pode se tornar um problema ainda maior no verão, quando as altas temperaturas são constantes.

Fora isso, contar com mobiliário em locais de circulação constante de pessoas, como os corredores, pode ser uma fonte constante de estresse, já que os móveis vão limitar ainda mais o espaço para elas passarem causando verdadeiros congestionamentos e até mesmo acidentes.

Já imaginou, por exemplo, fazer uma pequena confraternização em casa com seus amigos e familiares e eles reclamarem o tempo todo do quão desconfortáveis se sentem pela climatização inexistente e a falta de espaço para andar porque estão com medo de esbarrarem no mobiliário? Ninguém deseja isso!

3. Use espelhos nos mais diversos ambientes

Outra dica excelente de decoração para apartamentos pequenos é usar espelhos nos mais diferentes ambientes da sua residência, como a sala, o corredor, os banheiros, o hall de entrada etc. “Mas por que fazer isso?”, você deve estar se questionando.

Bem, acontece que eles refletem o local onde estão inseridos, tornando-os visualmente maiores e mais espaçosos. Mas não acaba aí, já que os espelhos também potencializam a luz, seja ela natural ou artificial — o que contribui para deixar o imóvel mais bem iluminado e agradável.

E o melhor é que você pode instalá-los não só nas paredes (em modelos que vão do chão ao teto, por exemplo), mas também fixá-los em móveis, nichos e armários — que é uma ótima saída para a cozinha e os quartos.

4. Aposte em cores que permitam a integração entre os cômodos

Ao integrar cômodos, não se esqueça de que um se torna extensão do outro. Logo, é essencial que eles compartilhem das mesmas características, principalmente quando se trata da paleta de cores.

Ou seja, os tons que são protagonistas em um ambiente também devem ser marcantes no outro, ok? “Ah, mas sempre fico em dúvida sobre quais tonalidades escolher e tenho medo de acabar exagerando…”, você deve estar pensando.

Portanto, nesse caso, vale a pena apostar em cores neutras (como o branco, o cinza e  bege) para os revestimentos das paredes e do piso e aquelas mais chamativas e fortes para os acessórios decorativos, como almofadas, vasos, luminárias etc. Assim, as chances de errar na mão são bem menores!

5. Invista em alternativas de divisórias para espaços conjugados

Além de um bom uso dos tons em ambientes conjugados, também é fundamental pensar nas mais diferentes possibilidades para dividir os recintos — sem ocupar uma área grande, como acontece com uma parede — e, dessa forma, preservar a privacidade em cada um deles.

Quem mora em um estúdio com quarto integrado à sala, por exemplo, não quer ficar exposto o tempo todo quando receber visitas, especialmente àquelas que vão pernoitar. O bom é que existem diversas alternativas para resolver essa questão, como usar biombos retráteis, estantes vazadas ou mesmo instalar um painel suspenso que servirá como um jardim vertical

6. Considere substituir as portas tradicionais por modelos deslizantes

Você já se sentiu incomodado ao abrir a porta do quarto ou do home office, por exemplo, e notar que a abertura dela toma uma área preciosa no recinto que poderia ser melhor aproveitada? Pois é, esse é um problema bastante comum em imóveis compactos!

Porém, há uma solução simples para isso: substituir as portas tradicionais por modelos deslizantes (ou seja, aqueles de correr). Eles são totalmente funcionais, pois economizam espaço e ainda melhoram a ventilação local. Maravilha, né? Para completar, eles têm um design diferenciado e moderno que, certamente, vai fazer a diferença no seu lar.

Viu só como não faltam ótimas dicas quando o assunto é decoração para apartamentos pequenos, estúdios e imóveis com ambientes conjugados? Por isso, não tenha medo de se inspirar nelas e transformar o seu lar deixando-o muito mais confortável, aconchegante e espaçoso para você e as suas visitas!

E caso queira um acompanhamento profissional durante essa etapa tão importante, já sabe: entre em contato com a gente e descubra como o serviço de decoração online pode ser o seu grande aliado!

Deixe um comentário

Share This